skip to Main Content
Como Contratar Profissionais Da Geração Z Para Sua Empresa

Como contratar profissionais da Geração Z para sua empresa

Há pouco tempo atrás, as empresas estavam adaptando sua cultura e estrutura para acomodar os millennials. Mas, como no ciclo da vida, há um novo perfil chegando nas empresas – e no RH: os profissionais da Geração Z.

Embora alguns possam ser rápidos em incluir a Geração Z e os Millennials em uma grande e única categoria de “trabalhadores mais jovens”, há, na verdade, muitas diferenças entre estes profissionais.

Aprender essas diferenças é crucial para as empresas que estão em busca de contratar essa nova geração de funcionários para seus postos de trabalho.

O que é a Geração Z – e o que ela pode trazer para a sua empresa?

Um estudo recente apontou que a Geração Z é composta por profissionais de 18 a 25 anos. São considerados verdadeiros nativos digitais, que não conseguem se lembrar de um mundo onde não havia um gadget disponível.

Ter todo esse acesso facilitado às informações de todo o mundo e crescer com todas as conveniências da tecnologia moderna e das mídias sociais mudou fundamentalmente o modo como eles aprendem, se comunicam, se socializam – e se candidatam a empregos.

Eles possuem um perfil que foge às gerações passadas. Por exemplo, em comparação com os Millennials, os profissionais da Geração Z são ainda mais competitivos, espertos, rápidos e experientes, com uma mentalidade mais “hands on”. Além disso, cerca de 69% deles preferem ter seu espaço de trabalho particular em vez de compartilhá-lo com outras pessoas.

Muitos especialistas do setor acreditam que os profissionais da Geração Z, no cenário atual, são mais confiantes, socialmente conscientes e empreendedores do que os de outras outras gerações.

Tudo isso precisa refletir nos processos de recrutamento e seleção de sua empresa daqui para frente, se você quer esse perfil de talentos para sua empresa.

Então os profissionais da Geração Z não é apenas millennials mais jovens?

Millennials e Geração Z não devem ser considerados como perfis semelhantes – muito pelo contrário.

De fato, eles compartilham alguns interesses, valores e expectativas. Mas alguém que já nasceu neste século (ou um pouco antes dele) tem o mesmo perfil de alguém nascido na década de 1980?

Suas experiências formativas são completamente diferentes e, embora possam abraçar a tecnologia com entusiasmo quase idêntico, a geração Z foi criada em uma sociedade centrada na tecnologia. Entender a distinção entre as duas gerações é vital para as empresas conseguirem atrair talentos entre os profissionais da Geração Z.

A começar pelo processo de admissão: plataformas baseadas no autoatendimento, como o Acesso RH, podem proporcionar um processo muito mais ágil no recrutamento – algo que certamente chamará a atenção destes profissionais.

Os profissionais da Geração Z são hard users de ferramentas online de administração de tempo e organização das tarefas no ambiente do trabalho – como o Trello e o Basecamp. Também se comunicam de uma forma muito mais ágil, utilizando o Slack para centralizar informações sobre clientes e projetos de uma só vez para toda a equipe envolvida. Tempo é dinheiro – e eles sabem usar a tecnologia para usar seu tempo do jeito certo e construir carreiras e remunerações de uma forma mais rápida.

O que tudo isso significa para as empresas?

Se você é um CEO, diretor ou gerente de uma empresa e deseja atrair essa força de trabalho, como se preparar para essa nova geração?

Existem milhares de jovens nessa faixa etária – estudantes universitários ou não – que ainda não possuem uma experiência profissional formal, mesmo estando no último ano.

Muitos deles são autodidatas, obtendo conhecimento através da internet, nos tutoriais de YouTube e usando a intuição para “fuçar” ferramentas e processos. Essa é uma ótima opção para encontrar novos caminhos e soluções que nunca foram encontrados pelas gerações que se formaram pelas vias tradicionais.

Por isso, sua empresa deve pensar em colocar mais ênfase no recrutamento on-line ou utilizar a gamificação. Sua empresa certamente encontrará ótimos candidatos que, de outra forma, teriam ficado de fora de seus processos seletivos por não acharem atraentes os processos seletivos convencionais.

Outra questão importante entre os profissionais da Geração Z é a remuneração. Embora eles busquem experiências desafiadoras e significativas para suas carreiras, o dinheiro segue sendo uma preocupação.

Tanto que muitos deles estão dispostos a sacrificar seu tempo livre se isso significar valores mais altos no holerite. É bastante comum ver profissionais da Geração Z encarando jornadas de trabalho mais longas, trabalhando de noite e nos fins de semana em troca de salários maiores.

Lidar com esses profissionais e seus hábitos fora dos padrões pode ser um desafio. Por sorte, o mercado oferece boas opções em software de gestão de pessoal. O AcessoRH é um exemplo, já que ele oferece formulários simplificados para os benefícios dos colaboradores, garantindo que todos os dados estejam corretos e já preparados de acordo com o eSocial.

Como você pode ver, o Acesso RH pode fazer a diferença na hora de atrair profissionais da Geração Z. Mas ele traz muito mais vantagens para sua empresa: clique e fale com um de nossos consultores!

Back To Top