skip to Main Content
Da Revolução Industrial à Indústria 4.0, A Evolução E Os Desafios De RH Ao Longo Dos Tempos

Da Revolução Industrial à Indústria 4.0, a evolução e os desafios de RH ao longo dos tempos

As transformações industriais fizeram parte das sociedades nos últimos séculos interferindo diretamente em diversos aspectos sociais e na forma como as organizações lidam com os seus colaboradores.

Tendo em vista essas constantes transformações, a proposta deste artigo é analisarmos como as revoluções afetam as empresas e os profissionais – uma vez que ambos precisam se adaptar às transformações para sobrevivência no mercado – e de que modo impactam no trabalho realizado por Recursos Humanos.

As revoluções que mudaram o modo de trabalhar e lidar com colaboradores

A primeira grande transformação nas empresas se deu no final de século 18 e ficou conhecida como Revolução Industrial. Com a descoberta das máquinas a vapor, trabalhadores que viviam nos campos partiram para as cidades em busca de colocações nas indústria têxteis e os responsáveis pelas contratações se limitavam a escolher, entre centenas de candidatos, aqueles que pareciam mais saudáveis e, portanto, aptos a desempenhar a árdua jornada de trabalho existente.

O uso da eletricidade fez surgir a segunda revolução. As condições de trabalho ainda eram sub-humanas e os responsáveis para cuidar dos trabalhadores tinham como principal objetivo selecionar aqueles que tivessem melhores condições físicas, incluindo mulheres e crianças, e garantir o pagamento de todos.

No início do século 20 surgiu a ideia de separar os funcionários operacionais dos que executavam tarefas mais estratégicas, bem como a criação de linhas de montagem. Paralelamente a essas mudanças, funcionários começaram a se unir para pedir melhores condições de trabalho, exigindo uma nova forma de atuação por parte dos responsáveis pelo elemento humano dentro das empresas.

A relação entre empresa e funcionários mudou bastante desde então, garantindo maiores direitos ao contratado e elevando muito o papel e a importância de recursos humanos dentro da estrutura organizacional.  Nesse cenário de relação bem mais humanizada, surgiu a terceira ruptura industrial, marcada pelo uso da tecnologia da informação, internet e eletrônicos que automatizaram a produção.

Com a chegada de empresas multinacionais no Brasil, na década de 90, houve uma mudança cultural no tratamento dos empregados, que passaram a ser muito mais valorizados. O modelo de gestão por competências colocou o RH em destaque dentro das instituições que passaram a mensurar e desenvolver habilidades fundamentais entre os seus colaboradores, mantendo-os motivados e elevando os índices de produtividade.

E eis que, recentemente, chegamos à Indústria 4.0, marcada por uma maior interação entre homem-máquina e exigindo ainda mais de RH, conforme veremos a seguir.

Os Desafios de RH na indústria 4.0

Muito se tem falado na indústria 4.0, um conceito que envolve as principais inovações tecnológicas surgidas nos últimos anos e afeta todos os setores da empresa, inclusive o de Recursos Humanos, que precisa se adequar aos novos desafios. Listamos abaixo os principais deles.

Adaptação aos novos modelos de trabalho

Novos modelos de trabalhos, como home office ou coworking, surgiram para ficar e demandam adaptação de RH, garantindo a flexibilidade, sem afetar a produtividade.  Preparar a organização para essa mudança, criar ferramentas que permitam monitorar resultados mesmo à distância e garantir a escolha do contrato de trabalho ideal são algumas das funções do setor na era da indústria 4.0.

Atração e contratação de colaboradores

A mudança de perfil dos contratados é constantemente alterada, mas nos últimos tempos tem sido muito mais veloz, exigindo candidatos com habilidade e conhecimento para utilizar a tecnologia, entre outras competências básicas para a tarefa a ser desempenhada. Cabe ao setor de RH desenhar novos cargos, chegar aos profissionais com o perfil necessário para corresponder às expectativas da organização e, até mesmo, modificar a forma de encontrar candidatos de alto nível para o processo seletivo.

Nova forma de gestão de pessoas

As lideranças de hoje precisam de um novo conjunto de habilidades e conhecimento, conhecendo as novas ferramentas digitais  e se adequando aos novos padrões  de trabalho.

O RH tem papel essencial na condução dessa mudança, buscando ferramentas que auxiliem na formação de líderes com alto desempenho que mantenham a equipe motivada e focada nos objetivos, garantindo a produtividade desejada e obtendo melhoria constante nos processos de trabalho.

Modernização dos processos

Falar em indústria 4.0 é falar em tecnologia a serviço de melhores resultados. Essa premissa é válida para todos os departamentos da organização, incluindo RH que, ao fazer uso da automatização e modernização de processos, tem a rotina simplificada e mais tempo para se concentrar em tarefas estratégicas.

É o caso de treinamentos que continuam sendo essenciais, afinal, os funcionários (incluindo os profissionais de RH) precisam ser capacitados para utilização das novas tecnologias. Uma das tendências trazidas pela modernização são os treinamentos online, que podem atingir um número maior de pessoas, otimizar o tempo dos colaboradores e ainda oferecer custos mais acessíveis.

A utilização de dados já é uma realidade em RH, mas está sendo cada vez mais aperfeiçoada. É o caso do People Analytics, método adotado para analisar o comportamento dos colaboradores e, assim, promover o aperfeiçoamento de perfomances e alinhar as habilidades profissionais conforme as demandas organizacionais. O uso de inteligência artificial é igualmente bem vindo e pode ser usada, por exemplo,  na instalação de sensores em capacetes de funcionários para verificar o batimento cardíaco ou a temperatura ambiente, permitindo ações preventivas voltadas ao bem estar dos colaboradores.

O controle de horas trabalhadas e o pagamento também são tarefas que se beneficiam do avanço tecnológico, sendo imprescindível para controlar a produtividade de colaboradores, principalmente nas épocas atuais em que é cada vez mais comum ter pessoal atuando remotamente – home office é uma tendência cada vez mais forte.

Da mesma forma, a admissão hoje pode ser muito mais prática. Com o uso de ferramenta adequada, tarefas que consumiam muito tempo, como tirar cópias de documentos, ficaram no passado.  O software Acesso RH, por exemplo, permite que o contratado envie os documentos admissionais pelo smartphone, tornando o processo admissional muito mais ágil e seguro.

Nota-se que o trabalho de Recursos Humanos acompanhou a evolução do ambiente corporativo, estando em constante transformação para atender – e antecipar – as demandas trazidas pelas mudanças na sociedade. Uma vez mais o setor é chamado a preparar-se para acompanhar a marcha inevitável do progresso, dessa vez impulsionada pela chegada da indústria 4.0.

Ela chega para trazer melhorias para RH, e para a empresa como um todo, mas exige adequação e preparo. Contar com apoio nesse processo é essencial, por isso Acesso RH está aqui para auxiliar. Vamos conversar a respeito?

Back To Top